sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

COMO SE VESTIR AO ESTILO ROCOCÓ - FEMININO

Esse post é pra quem já sabe um pouco das características do período (1730-1785) mas não sabe por onde começar na hora de montar um traje. 
No final do post acrescentamos vários links pra quem quiser se aprofundar, além de links para tutoriais e galerias com imagens de referência.

Para informações básicas sobre o período, acesse:
A MODA NA ERA ROCOCO

Esse período foi selecionado porque que é a partir de 1730 que o robe a la francaise se populariza e porque em 1883 surge a chemise a la reine e a silhueta começa a mudar.

Peças do guarda-roupa feminino:

Robe à Francesa

Suas principais características são as pregas watteau nas costas e a abertura na parte de baixo do vestido que era usado com uma anágua ricamente decorada. Na parte da frente um stomacher decorado, as mangas são curtas e frequentemente com babados. As cores e estampas variavam bastante. Foi muito usado até a década de 1770. Por baixo de um robe à la française era usado um pannier ou pocket hoops (armação com volume nas laterais).

Robe à Inglesa

Possui menos babados e ornamentações que um robe à francesa, e a principal diferença entre os dois se encontra na parte das costas, já que o robe à inglesa possui as pregas costuradas, e na silhueta, já que por baixo eram usadas hip pads (almofadas na região do quadril) e sob os ombros frequentemente um fichu ou mantilha. Algodão estampado é uma ótima escolha de tecido pra esse vestido. O auge da popularidade desse tipo de traje se deu nas décadas de 1770 a 1780.


Robe à Polonesa

Também é um vestido aberto, assim como os dois anteriores, só que a saia do polonaise é franzida atrás (por ganchos ou fitas), ficando assim dividida em 3 gomos. Também foi popular na década de 1770.


                                               Jacket + Saia


A partir de 1780 começam a surgir diversos modelos de jackets (jaquetas), como a pierrot, caraco, juste, pet en l'air etc. Nem sempre o tecido da jacket e da saia era o mesmo.


Traje de Montaria

O traje para montaria era inspirado na roupa masculina e sem muitos enfeites. Para acompanhar a roupa, bengala e cartola eram comuns.

Chemise a la Reine


Traje popularizado por Maria Antonieta, consiste em uma longa e volumosa camisola, que pode ser feita em tricoline, musselina e tecidos semelhantes.

Roupas de baixo:
O básico são as meias (com suspensórios), a chemise, stays, bolsos e a armação (hip pads ou pannier). 


Tutoriais e moldes

Diários anacrônicos 1 - Tutoriais de maquiagem
Diários anacrônicos 2 - Maquiagem usando produtos brasileiros
As Peripécias de JL - Tutorial de chemise
Moda histórica- Como fazer hip pads
Art, beauty, and well ordered chaos - Tutorial de uma touca
Brocade Godness- Fazendo um robe à francesa
Aesthetic contradictions - Tutorial de penteado inspirado na Antonieta
The Dreamstress - Tutorial de pannier
V&A Museum - Molde de pockets com risco de bordado
Picnic vitoriano Curitiba-  Como vestir cada peça de roupa
Tópico do grupo do PVSP -  Onde estão sendo compartilhados diversos tutoriais.


Leituras recomendadas

Patterns of Fashion - Para a construção e moldes das roupas
Moda Histórica - Estilos de vestidos e casacos
As Peripécias de JL- Como eram feitos os stays da época, modelos etc
Temps d'Elégance - Análise da construção de um robe à polonesa
Démode - Análise de diversos tipos de hip pads


Filmes recomendados (por conta do figurino):

Maria Antonieta - roupa da corte francesa
A Duquesa -  Roupa da sociedade inglesa
Adeus, minha Rainha -  Roupa das classes mais baixas
Barry Lyndon - Roupa dos soldados, principalmente
Entrevista com o vampiro - no início mostra a moda masculina americana do século XVIII


Links com galerias no Pinterest, para inspiração:

Roupas femininas e masculinas de vários estilos: https://www.pinterest.com/americanduchess/18th-century-costuming/ 

Roupas Masculinas:
https://www.pinterest.com/ilianamalek/18th-century-gent-s-clothing

Pinterest bem completo, com diversas coisas relacionadas ao vestuário do século XVIII:
https://www.pinterest.com/sew18thcentury/



segunda-feira, 2 de novembro de 2015

CHÁ DAS CINCO NO ROCOCÓ


É com muita alegria que anunciamos o V Passeio Fotográfico e Chá das Cinco sob o tema Rococó (1730-1795).
Todas as informações se encontram aqui. 

1- DATA, HORÁRIO e RESERVAS 

13 de dezembro de 2015, domingo.
O evento é dividido em duas partes:

14h30 - Encontro e refeição no Bistrot Margot.

16h30 - Passeio Fotográfico.

Especificações técnicas:
- Ao contrário das edições anteriores em que o PVSP ofereceu um buffet a preço fixo pago antecipadamente, na edição 2015 a refeição individual será servida no sistema à la carte no Bistrot Margot, sendo o pagamento individual pago diretamente para o estabelecimento no dia.
 
Todavia, a Equipe PVSP necessita de um controle e assim,pedimos para os interessados enviarem e-mail de reservas para picnicvitorianosp@gmail.com

2- DRESSCODE GERAL  

Como sempre, exigimos adesão ao dresscode, portanto, é essencial que os participantes estejam em trajes de nosso recorte histórico. Os trajes podem ser da Idade Média (476 d. C.) à Era Eduardiana (1918) e Releituras.
TUTORIAIS 
ADQUIRA TRAJES

3- DRESSCODE TEMÁTICO 1730-1795

O Chá das Cinco sempre possui um tema. O tema deste ano é Rococó/Georgiano por isso o dresscode é preferencialmente 1730-1795. 
As outras épocas descritas no Dresscode Geral são permitidas, mas espera-se que os trajes, réplicas ou releituras, sejam do período sugerido. 

Abaixo, algumas postagens relacionadas. 

Em breve, tutoriais e indicações de lojas sobre esse período específico.

Referências:

A moda masculina de 1770 a 1789
A moda feminina de 1750 a 1780
A moda na Era Rococó
Rococó X Era Georgiana
Tutorial Fraque
Moda Lolita
Moda Lolita - Estilos e Subestilos


4- FOTOGRAFIAS
Dresscode facultativo para fotógrafos. 

Cadastrar-se por e-mail: picnic_sp@yahoo.com.br


5- ETIQUETA
As normas de etiqueta do picnic devem ser aplicadas também ao chá.
DICAS DE ETIQUETA PVSP
ETIQUETA VITORIANA


6- APOIO
São Paulo Antiga
História da Moda
Meu Ser Desigual
Moda de Subculturas
Poesia Retrô
Real Gothic Brasil
'Stamos Kilts!


7 - EVENTOS ANTERIORES

- 2013
Foi focalizado nos primeiros cinquenta anos do metrô (1863-1903):
MATÉRIA


-  2012
Foi focalizado no período da República Velha (1889-1930):
MATÉRIA

- 2011
Tema livre:
MATÉRIA


sexta-feira, 17 de julho de 2015

V PICNIC VITORIANO DE SÃO PAULO - TODAS INFORMAÇÕES



É com alegria quer convidamos todos para nosso maior evento anual. 

O V Picnic Vitoriano São Paulo será no dia 26 de julho de 2015, domingo.

Informações sobre o grupo e perguntas frequentes


1- Detalhes da Programação:

Foto da Serraria do Parque Ibirapuera:




 






12h - Estaremos na Serraria do Parque. 
Recepção dos convivas, discurso conciso da organização do evento sobre Revivalismo.
13h- Abertura do evento e convescote
15h - Nosso tradicional sarau. Leve suas poesias e músicas. 
16h - Jogos e Brincadeiras
18h - Encerramento


2- Regras e Normas do Evento:

Para uma melhor imersão na prática revivalista e uma viagem no tempo mais prazerosa, é essencial que alguns detalhes sejam levados em conta. Não deixe isso para segundo plano, todos os detalhes são importantes.

Sobre os utensílios adequados, veja com atenção essa postagem:

Guia de utensílios domésticos para eventos

Copos e guardanapos descartáveis são proibidos. Incentiva-se que as pessoas levem copos e taças de vidro, guardanapo em tecido, cestas de vime etc... Bebidas alcóolicas estão proibidas.

Sobre os alimentos:
Guia de Mantimentos


Sobre comportamento e etiqueta, leia também os links:
Eiqueta Vitoriana para picnics
Regulamento do evento

3- Dresscode:
Como sempre é obrigatório, porém muito amplo.
No campo histórico: 
  • Idade Média;
  • Renascimento;
  • Barroco;
  • Rococó;
  • Diretório, Império e Regência;
  • Romantismo;
  • Era Vitoriana;
  • Era Eduardiana e Primeira Guerra Mundial
No campo das releituras e estilos revivalistas: 
  • Lolita/ Ouji;
  • SteamPunk;
  • Romantic Goth;
  • e Inspirações nas épocas acima.


    Dúvidas sobre o que vestir, dúvidas sobre a moda específica de cada período, acesse a sessão HISTÓRIA DA MODA. Esse blog parceiro conta com posts específicos descrevendo a moda de cada período histórico.
    Confiram também nossos TUTORIAIS e consulte nossas lojas parceiras: ADQUIRA TRAJES.

4- Fotógrafos:


Permitida a presença de fotógrafos e imprensa mesmo sem dresscode. Apesar que é de bom tom usar ao menos um traje social.
Também pedimos que cadastrem-se nesse tópico do nosso grupo. Convém lembrar que para participar do grupo no facebook é necessário ser amigo do nosso perfil.


5- Como chegar?




 Os portões 6 e 7 são os acessos mais próximos.



6- Lojas Patrocinadoras:
Acesse AQUI















Acesse AQUI













7- Apoio:

Real Gothic Brasil
História da Moda
Meu Ser Desigual
'Stamos Kilts
Moda de Subculturas
Poesia Retrô
São Paulo Antiga


8- DÚVIDAS: 

picnicvitorianosp@gmail.com

Facebook


Essa postagem poderá sofrer modificações.


sexta-feira, 3 de julho de 2015

TUTORIAL DE TRAJE CLOCKPUNK MASCULINO 100% CUSTOMIZAÇÃO



https://1.bp.blogspot.com/-jNMuSz2Onog/T_sJKam8WZI/AAAAAAAAEZg/rvwIpbk7p84/s640/II+PVSP+273+copy.jpg


ClockPunk é o nome do retrofuturismo da Renascença assim como SteamPunk é o retrofuturismo da Era Vitoriana. O traje usado por mim no II Picnic Vitoriano de São Paulo foi pensado na moda italiana do início do século XVI com toque clockpunk.

A Renascença é muito steampunk se pensarmos nos primeiros modelos de submarino e helicóptero desenhados por Leonardo da Vinci, homem célebre que me serviu de inspiração. A propósito, pretendo repetir o traje porque gostei muito e quero usar mais acessórios e detalhes.

Este traje foi desenvolvido 100% de customização. A camisa e a boina não foram customizadas, mas posicionadas de um modo estratégico preparando o resto da roupa para 1515, então posso dizer que apesar de não serem peças customizadas foram reutilizadas, isto é, usadas de modo não-convencional para auxiliarem em todo o conjunto da obra. 

Um simples e lindíssimo traje clockpunk feminino cujo tutorial está AQUI:


  A moda italiana na época:


https://images-blogger-opensocial.googleusercontent.com/gadgets/proxy?url=http%3A%2F%2Fupload.wikimedia.org%2Fwikipedia%2Fcommons%2F1%2F15%2FRaffael_089.jpg&container=blogger&gadget=a&rewriteMime=image%2F*




A moda inglesa (túnica aberta para a braguilha/ codpiece):

https://images-blogger-opensocial.googleusercontent.com/gadgets/proxy?url=http%3A%2F%2Fupload.wikimedia.org%2Fwikipedia%2Fcommons%2F5%2F57%2FHolbein_henry8_full_length.jpg&container=blogger&gadget=a&rewriteMime=image%2F*




   Minha ideia era fundir os dois tipos, acrescentar um toque retrofuturista porque montar releitura fora da ponte aérea Era Vitoriana --- Era Eduardiana é coisa de Divo!

   Ao tutorial em si!


1. CHEMISE

https://4.bp.blogspot.com/-G3cx8UV1jaU/UAcx2XUKRdI/AAAAAAAAEac/_GPECWTqVqA/s400/Adorno.jpg

É uma camisa social normal apertada na cor azul turquesa com listras discretas. O ideal é usar uma camisa justa porque por cima virá uma túnica e isto impede que você pareça gordo. Por outro lado uma camisa larga também tem serventia pois as mangas ficarão bem bufantes.

A camisa azul tem bolso que está escondido pela túnica. A linha histórica exige mangas bufantes e ausência de gola. No entanto, eu optei por não fazer mangas bufantes pois como todos podem notar a camisa é listrada tal como a túnica, sendo assim, "casou" a combinação. A gola mantive porque as joias sobre o pescoço nu congelariam num dia que seria frio (mas que foi quente!), então a camisa avançou uns aninhos.

https://4.bp.blogspot.com/-hlz_GyMGrzo/UAc0Xes5zWI/AAAAAAAAEao/DaGZQNzl3-c/s640/Rommel+por+Frater.jpg



2. TÚNICA



Evidentemente foi a parte mais difícil. Trata-se de uma camisa originalmente num tom claríssimo de rosa, mas tingi de marrom duas vezes até ficar completamente marrom.




https://4.bp.blogspot.com/-78Oy5KRP8vs/UAc5tbAGN3I/AAAAAAAAEa8/L9QtyqYITbE/s320/II+PVSP+001.JPGLINHA AMARELA: É onde você fará o corte. Originalmente ele foi feito entre o segundo botão e o terceiro, mas opte por cortar mais alto (como na linha) para que o segundo botão feche o decote. Mangas também são eliminadas. Se ficar largo pode fazer uma prega a partir do decote.

LINHA BRANCA: É a silhueta que se será feita, nada a cortar ou costurar aqyui, imagem meramernte ilustrativa.


LINHA AZUL: É onde faremos apliques.  Em torno das cavas costuramos uma fita de cetim, escolhi um ouro queimado. E na cintura baixa aplica-se o tecido marrom que servirá de saia.




https://4.bp.blogspot.com/-MQ_hJVu8BcM/UAdYXq7c1OI/AAAAAAAAEbI/_Qc5_xH0h0Y/s400/II+PVSP+020.JPG


Saia. Feita através das pernas de calças sociais marrom. Meça a altura de onde começará sua saia (eu a fiz como cintura baixa, uns dedos abaixo do umbigo) e onde há de terminar (eu cobri os joelhos). Corte a parte da perna que corresponde a tal medida. Aí você abre a perna da calça na parte da costura overloque o que evita desfiar e também ganha-se mais tecido. Faça isso com umas outras três pernas de calça. 

Próximo passo: costurar as tiras de tecido na camisa e também você pode fazer pregas falsas ou aproveitar as pregas originais das calças. O último passo é unir parcialmente as tiras com costura, parcialmente porque será impossível cobrir totalmente as fendas. Acha indecente? Volta pra Era Vitoriana, Oferenda!

Na frente, ao centro, há uma parte sem tiras, a camisa fica sem saia para que o codpiece apareça. 



3. BRAGUILHA/ CODPIECE


https://2.bp.blogspot.com/-nfLWE1s_cOs/UAdeNxvnzYI/AAAAAAAAEbU/hDvH5tkuicI/s320/renascen%C3%A7a+teste+008.JPG

 Obtida com uma meia-calça originalmente branca (foto acima), mas depois tingida para azul (fotos e procedimento abaixo):

https://4.bp.blogspot.com/-Gie7q7nBOsk/UAdjJCu1IOI/AAAAAAAAEbg/YRIG8sGUncI/s200/codpiece+003.JPG

https://4.bp.blogspot.com/-6lBjoQrL1hc/UAdjd3q5JiI/AAAAAAAAEbs/ONX8Lk7tRvE/s200/codpiece+004.JPG
https://4.bp.blogspot.com/-vmandOEv3n0/UAdjxycLTlI/AAAAAAAAEb0/Zfe2yGXMO_U/s200/codpiece+005.JPG
https://4.bp.blogspot.com/-V7uLNAW4mKk/UAdkFWdXjMI/AAAAAAAAEb8/-7THiadpFA8/s200/codpiece+006.JPG
https://1.bp.blogspot.com/-Nt6l0PK48JA/UAdksS_ji5I/AAAAAAAAEcM/ib-Eq5-U9as/s200/codpiece+008.JPG


4. MEIA-CALÇA


    É, na verdade, a primeira coisa que se veste, como sempre digo o ideal é buscar uma meia-calça XG porque somos homens e pedimos numerações grandes além do mais nossa genitália não é a mesma das mulheres. 

   Mas a meia é a mesma usada no traje do séc XVIII (tutorial AQUI)
https://4.bp.blogspot.com/-IXOQiJE3S2I/UAdo3H7L8QI/AAAAAAAAEcY/x1qhntAL2ks/s320/TESTE+II+009.JPG

https://3.bp.blogspot.com/-kFBdLBQP9tQ/UAdrAwYLHiI/AAAAAAAAEcg/q_IPQ1YvHdU/s200/foto+de+alvaro.jpgO processo de tingimento foi muito simples, primeiro tingi com água fria + papel crepon (balde acima), não ficou bom. Mantendo o papel crepon na água fria (pra que tirar?), acrescentei corante turquesa e corante azul marinho, não usei tudo, apenas metade do turquesa e 1/3 do azul marinho. 

O resultado foi um azul turquesa levemente mais escuro que a chemise. Ficaram ótimas as meias (o codpiece também foi banhado). Clique na foto para ampliar. 



5. SAPATOS

https://1.bp.blogspot.com/-7Ndnsa4P734/UAdtaNc1m4I/AAAAAAAAEco/UdlD3vfRGCo/s320/sapato.jpg


Sapatos sociais de sempre, porém receberam um adorno feito pelo casal Aradia. São duas palmilhas recortadas em formato ampulheta e revestidas de couro.


6. CASACO

Era um casaco de lã de minha tia finada. As mangas eram muito apertadas, de qualquer forma eu as cortaria. Fitas de cetim na cava.

https://2.bp.blogspot.com/-8pdVbzx0148/UAdvs21nfvI/AAAAAAAAEcw/qzB02nV_yYA/s400/eu.jpg

https://4.bp.blogspot.com/-4UGeLuslzf0/UAdvxxT8alI/AAAAAAAAEc4/KO61-TYVct8/s400/602420_10150994172843624_1736282675_n.jpg


7. JÓIAS


O mesmo crucifixo do ano passado, duas correntes adquiridas em antiquário, um binóculo customizado e uma tiara cujo tingimento começou a descascar e troquei pela boina do ano passado que recebeu seus goggles. O amuleto que segurava era um ralo de banheiro que achei sem querer numa loja de 1,99 e comprei de última hora, não tive tempo de amarrar em nenhum lugar.


https://2.bp.blogspot.com/-sTsJUmg0LRk/UAcxzXngoII/AAAAAAAAEaU/4qEsiBY_8RY/s320/PB.jpg


8. LEQUE


Emprestado por Priscilla Fernandes. É o leque isabelino usado por ela no Chá das Cinco. Veja o tutorial do traje isabelino AQUI.



Rommel Werneck do blog 'Stamos Kilts!


sexta-feira, 27 de março de 2015

ENCONTRO MERCANTILISTA


O grupo Picnic Vitoriano São Paulo realizará um ENCONTRO MERCANTILISTA no dia 12/04, no Parque da Água Branca.

O intuito desse encontro é simples: promover a troca, a venda e as compras de roupas, tecidos e acessórios voltados ao publico revivalista.
É uma boa oportunidade para compor um figurino de forma prática, rápida e barata!

O foco principal é o comércio entre o público. Sabemos que muitos tem alguma peça de roupa, algum acessório ou até mesmo objeto que não usa mais, sendo assim, essa é uma oportunidade de vender ou trocar esse item por algum outro de sua preferência.

Se você tem uma lojinha alternativa que venda produtos que estejam associados ao público revivalista ou alternativo, também é bem vindo. Mas atenção, bom senso: estaremos em um parque, a intenção não é montar grandes estandes, mas fazer um encontro informal.

Alguns exemplos de itens que podem ser comercializados:
- camisas
- coletes
- calças
- cravats
- chapeus
- anéis
- sombrinhas
- vestidos
- corsets
- colares
- tecidos

- aviamentos


LOCAL:
Parque da Água Branca - Avenida Francisco Matarazzo, 455


COMO CHEGAR:
Nas adjacências há a Estação Barra Funda (Metrô, CPTM e Terminal), ponto estratégico para quem vem de todas as zonas da cidade.

Na Avenida Francisco Matarazzo, há inúmeros ônibus provenientes do Terminal Correio e da Praça Ramos que seguem para a Zona Oeste. Este é um percurso interessante para quem passa pela região central.

PONTO DE ENCONTRO:
A partir das 12:30 (meio dia e meia) estaremos no Parque.
Ficaremos na área dos estábulos.

O dresscode é livre e cada convidado pode levar o seu lanche caso queiram fazer um pequeno convescote no local.



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...